FILMES

Mulher do Pai

NALU ON THE BORDER / LA MUJER DEL PADRE
(Brasil-Uruguai, 2016, 94min)

Roteiro e direção: Cristiane Oliveira
Corroteiro: Michele Frantz

Produção: Okna Produções (Brasil)
Coprodução: Transparente Filma (Uruguai), Crisol Filmes (Brasil)
Estreia Internacional: 67º Festival de Berlim (Generation 14Plus)
Estreia nacional: Festival do Rio (Première Brasil)

Sinopse:
Ruben e Nalu moram no campo, perto da fronteira Brasil-Uruguai. Quando ele percebe que a filha, aos 16 anos, já é uma mulher, uma nova proximidade surge entre os dois. O estranhamento inicial dá lugar ao ciúmes quando Rosario, uma atraente uruguaia, ganha espaço na vida de ambos.

Labs e Financiamento:
– Selecionado para o Talent Project Market do Festival de Berlim 2011, onde foi premiado com o VFF Talent Highlight Pitching Award.
– Selecionado para a oficina Produire au Sud 2010 (Festival 3 Continents, França).
– Desenvolvido com o Prêmio Santander Cultural/Prefeitura de Porto Alegre/APTC-RS 2009.
– Contemplado no Ibermedia 2014 para Coprodução.
– Contemplado no FSA-PRODECINE 05/2013
– Vencedor do Edital Brasil-Uruguai 2012 para coprodução.
– Selecionado no Film Cup, evento de coprodução Brazil-Alemanha.

facebook.com/MulherdoPai

Prêmios em festivais:
– Festival do Rio 2016: Melhor Direção, Melhor Fotografia, Melhor Atriz Coadjuvante (Verónica Perrotta)
– 35º Festival Internacional de Cinema do Uruguay: Prêmio de Critica FIPRESCI
– 32º Festival Internacional de Valência – Cinema Jove: Melhor Roteiro
– 40º Mostra Internacional de São Paulo: Prêmio Abraccine de Melhor Filme de Diretor Estreante
– 9º FESTin (Portugal): Melhor Ator (Marat Descartes) e Menção da Crítica
– Bienal Internacional do Cinema Sonoro – BIS: Melhor Edição de Som, Melhor Mixagem e Melhor filme pelo júri Popular
– 10º Festival de Cinema de Triunfo/PE – Melhor Filme Júri Oficial, Melhor Filme Júri Popular, Melhor Som, Melhor Atriz (Maria Galant), Melhor Roteiro, Melhor Direção de Arte e Melhor Fotografia

Outros Festivais Internacionais:
– 67º Festival de Berlim (Alemanha)
– 32º Festival Internacional de Guadalajara (México)
– 39º Festival des 3 Continents (França)
– 31º Cineuropa (Galícia)
– 20º Flying Broom Women’s International Film Festival (Ankara, Turquia)
– 12º Festival Tucumán Cine (Argentina)
– 24º Women Make Waves Film Festival (Taiwan)
– 11º Cairo International Women’s Film Festival (Egito)
– Dortmund International Women’s Film Festival (Alemanha).
– 10º Bengaluru International Film Festival (Índia)
– FICVIÑA 2018 – Festival Intern. de Cine de Viña Del Mar (Chile)

Outros prêmios:
– Prêmios Guarani de atriz revelação (Maria Galant) e ator coadjuvante (Marat Descartes).

Outros Festivais Nacionais:
– 20º Mostra de Cinema de Tiradentes
– 21º Festival do Audiovisual do Mercosul
– Festival Primeiro Plano

 

A Primeira Morte de Joana

THE FIRST DEATH OF JOANA / SECRET DE FAMILLE
(Brasil-França, 2021, 91min)

Roteiro e direção: Cristiane Oliveira
Corroteiro: Silvia Lourenço
Produção: Okna Produções (Brasil) e Epicentre Films (França)
Produção associada: Epicentre Films (França)
Coprodução: Locall e Crisol Filmes
Estreia internacional: 51º International Film Festival of India
Estreia nacional: 49º Festival de Cinema de Gramado

Sinopse:
Joana, 13 anos, quer descobrir por que sua tia-avó faleceu aos 70 sem nunca ter namorado alguém. Ao encarar os valores da comunidade em que vive no Sul do Brasil, ela percebe que todas as mulheres da sua família guardam segredos, o que traz à tona algo escondido nela mesma.

Labs e Financiamento:
– Selecionado no Co-Production Market do Festival de Berlim 2018
– Vencedor do 1º Edital FAMA-Fundo AVON de Mulheres do Audiovisual 2017/2018
– Vencedor do Edital BNDES 2017 (linha de produção de longas com foco em reconhecimento artístico)
– Contemplado no FSA para Desenvolvimento de Projeto

Indicações internacionais:
– um dos 5 indicados ao Prêmio Sebastiane Latino 2021;
– indicado ao CIFEJ Prize.

facebook.com/APrimeiraMortedeJoanaFilme

@aprimeiramortedejoana

 

Prêmios em festivais:
– 49º Festival de Cinema de Gramado: prêmios de Melhor Filme pelo Júri da Crítica, Melhor Fotografia e Montagem;
– 29º Cinequest Film Festival: prêmio Global Vision Award (EUA);
– 16º Tucuman Cine: prêmio DAC de Melhor Diretora, competição Latinoamericana (Argentina);
– Calella Film Festival (Espanha): Melhor Filme, seção Low Budget Films;
-Bienal Internacional do Cinema Sonoro: Melhor Música Original, Mixagem e Efeitos Sonoros (júri oficial e júri jovem);
– Festival de Cine LGBTI de Asturias, Espanha: Menção Especial;
– Um dos 5 indicados ao Prêmio Sebastiane Latino 2021 (Espanha).

Outros Festivais Internacionais:
– 51º International Film Festival of India;
27º Athens International Film Festival (Grécia);
33º NewFest – New York LGBTQ+ Film Festival (EUA);
– 39º Festival Cinematográfico International del Uruguay;

– 36º International Film Festival of Valencia – Cinema Jove (Espanha);
38º Chicago International Children’s Film Festival (EUA);
– 22º Stockholm International Film Festival Junior (Suécia);
41º Minneapolis St. Paul International Film Festival (EUA);

23º OUTShine LGBTQ+ Film Festival (EUA);
– 29º Cinelatino Tübingen (Alemanha);
– 36º Lovers Film Festival (Itália);
– 35º MIX Copenhagen;
– 33º Galway Film Festival (Irlanda);
– 15º XPOSED Queer Film Festival Berlin (Alemanha);
34º Queergestreift Film Festival (Alemanha);
36º Vermont International Film Festival (EUA);
– 31º Lesbian Film Festival of Freiburg (Alemanha);
28º Reel Affirmation – Washington (EUA);
– 25º Houston International LGBTQ Film Festival (EUA);
– 25º Roze Filmdagen – Amsterdan LGBTQ+ Film Festival (Holanda);
– 22º Mezipatra Queer Film Festival (República Tcheca);
19º Zinegoak – Festival Intern. de Cine LGBT de Bilbao (Espanha);
15º Filem’On – Int’l Film Festival for Young Audiences (Bélgica);
28º Sguardi Altrove International Women’s Film Festival (Itália);
4º PORTO FEMME – Festival Internacional de Cinema (Portugal);
16º CINEMAISSI Latin American Film Festival (Finlândia);
20º Pink Screens – Brussels Queer Film Festival (Bélgica);
15º Dialogues – Calcutta Intl. LGBTQIA+ Film Festival (Índia);
– 17º Zinentiendo Muestra Intern. de Cine LGTBQI de Zaragoza;
– 25º Flying Broom Women’s Film Festival (Turquia);
– AMOR – Fest. Intl. de Cine LGBT+(Chile);
– FICFUSA (Colômbia);
PinkPanorama Film Fest (Suíça);
– 6º PANORAMICA Latin American Film Festival (Suécia);
– 8º Everybody’s Perfect – Geneva Intern. Queer Film Festival (Suíça);
FIRE!! Barcelona LGBT Film Festival (Espanha);
– BUSTER Film Festival (Dinamarca);
– 27º Inffinito Brazilian Film Festival (EUA)
– Mostra Brasil Inffinito (Uruguai e Argentina).

Outros Festivais Nacionais:
– 15º Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte – CineBH
– 29º Festival MIX Brasil

Sinopse:
Depois que o último filho sai de casa, Chiara, matriarca de uma família descendente de italianos, decide acompanhar o marido em suas viagens como vendedor pelos botecos da Serra Gaúcha. Uma tartaruga e baralhos de carta colocarão à prova mais de 50 anos de vida a dois.

facebook.com/AtéQueAMusicaPare

@atequeamusicapare

 

Até que a Música Pare

UNTIL THE MUSIC IS OVER / FINO ALLA FINE DELLA MUSICA
(Brasil-Itália, 2023, 97min)

Roteiro e direção: Cristiane Oliveira
Corroteiro: Gustavo Galvão
Produção: Okna Produções (Brasil) e Solaria Films (Itália)
Coprodução: Locall e Crisol Filmes
Estreia internacional: 39º SBIFF – Santa Barba International Film Festival
Estreia nacional: Festival do Rio (Première Brasil)

Labs e Financiamento:
– Selecionado para o Talents Script Station do Festival de Berlim 2021
– Selecionado para o EAVE on Demand 2020
– Vencedor do edital para Desenvolvimento de Projetos com potencial de coprodução Brasil-Itália (Ancine-MiC)
– Contemplado no Prodecine 02

Prêmio:
– 42º BFM – Bergamo Internacional Film Festival (Itália): Melhor Direção

Outros Festivais Internacionais:
– 39º SBIFF – Santa Barba International Film Festival (EUA);
– 42º Festival Cinematográfico International del Uruguay;
– 26º Cine Las Americas International Film Festival (EUA);
– 10º Ibero American Film Festival of Windhoek (Namibia);
– 7º Santiago del Estero Film Fest (Argentina).

Festivais Nacionais:
– Festival do Rio 2023 (Première Brasil);
– 47ª Mostra Internacional de São Paulo;
– 52° Festival de Cinema de Gramado (Mostra Competitiva de Longas Gaúchos).

CURTAS (SHORTS)

Messalina

Messalina, subtitled, 14min, 35mm, Porto Alegre, 2004.

Roteiro e direção: Cristiane Oliveira
Produtora: Clube Silêncio
Elenco: Vanise Carneiro, Marcos Verza, Charlie Severo, Liane Venturela e Nádia Mendes.

Sinopse: Um telefone público insiste em tocar. Uma jovem cega atende o chamado. Ao perceber o engano de um homem que buscava uma garota de programa, ela marca o encontro com o desconhecido.

13 Prêmios: Prêmio Especial do Júri (32º Festival de Gramado – Mostra Nacional); Prêmio de Melhor Montagem (32º Festival de Gramado – Mostra Gaúcha); Melhor Roteiro, Melhor Atriz e Prêmio Porta Curtas (37º Festival de Brasília); Melhor Roteiro e Melhor Atriz (Prêmio José Lewgoy de Cinema Gaúcho); Prêmio Especial do Júri (CURTA-SE); Melhor roteiro e Melhor Atriz (15º Cine Ceará); Melhor atriz (28° Festival Guarnicê de Cinema); Melhor Montagem (4º Santa Maria Vídeo e Cinema); Melhor Filme (1º Macapá Cinema e Vídeo).

Outros festivais: Festival Internacional de Curtas-metragens de São Paulo (BR), Brazilian Film Festival of Miami (EUA), Festival do Rio 2004 (BR), Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte (BR), Festival Internacional de Cinema de Brasília (BR), Festival Internacional de Curta Metragem de Drama (Grécia), Festival de Viña del Mar (Chile), Festival de Cinema Independente de Ourense (Espanha), Festival de Cinema Latino de São Diego (EUA).

Aquisições: TV Man Union/Cinefil (Japão), Canal Plus (Polônia), TV Australiana (Austrália), RBSTV (RS-BR), TV Cultura (SP-BR), Programadora Brasil (BR), Box Brazil (RS-BR).

Portualleria

5min, vídeo, 2007.

Sinopse:
Pequenas jóias da poética visual cotidiana de minha cidade natal, Porto Alegre.

 

Portualleria é um vídeo produzido a convite para o projeto Vídeos Bastardos Vol. 2 – Porto Alegre. Vídeos Bastardos é um projeto de circulação de vídeos experimentais produzidos atualmente e provenientes de várias partes do mundo. Iniciado em 2005, acontece na base de trocas em forma de rede, de maneira independente.

Os países que já participaram são: Argentina (Bahia Blanca), Bolívia (Cochabamba), Brasil (Porto Alegre, São Paulo e Londrina), Chile (Concepción e Penco) e Espanha (Valência). A produção, projeção e distribuição ficam a cargo de cada grupo de artistas de cada cidade. As projeções acontecem em ruas, casas, ateliês, bares, praças, etc.

A coleção “Vídeos Bastardos Vol.2 – Porto Alegre” é composta de 18 vídeos de artistas diversos, e foi exibida em galerias e espaços de arte no Brasil e na Espanha.

Hóspedes

Hóspedes (Guests), subtitled, 15min, HD/35mm, Porto Alegre, 2009.

Roteiro e direção: Cristiane Oliveira
Produtoras: Clube Silêncio e Okna Produções
Elenco: Elisa Bueno e Selmar Meregalli

Financiado com o prêmio nacional do Ministério da Cultura para Curta-metragens

Sinopse: Lara acorda numa casa desconhecida. Seu pé engessado e um bilhete são os primeiros indícios de que alguém a salvou.


Festivais Nacionais: Mostra de Cinema de Tiradentes (Jan/09), Festival de Campo Grande (Jan/09), Cine-PE Festival Audiovisual do Recife (Maio/09), Florianópolis Audiovisual Mercosul (Jun/09), Festival Internacional de Curtas de São Paulo (Ago/09), Goiânia Mostra Curtas (Out/09) e Festival de Curtas de Rondonópolis (Dez/09).

Festivais Internacionais: 8th International Festival Signes de Nuit / Paris (Fev/2010), Festival Internacional del Nuevo Cine Latinoamericano (Havana, Cuba, Dez/09), Festival de Cinema Ibero-americano na Hungria (Budapeste, Out/09) e International Short Film Festival in Drama (Grécia, Set/09).

Aquisições: Porta Curtas (BR), SescTV (SP-BR).